A estruturação de um sentimento de confiança nas relações laborais é, atualmente, um componente chave para o sucesso das organizações.

Pesquisas recentes sobre as relações desenvolvidas entre as organizações e os seus públicos estratégicos demonstram que, as organizações que envolvem, de forma genuína e interdependente todas as partes interessadas – nomeadamente os colaboradores – e se comunicam com elas, de modo regular e assente num princípio de moralidade organizacional, constroem relacionamentos confiáveis. Este sentimento de confiança mútuo entre empresas e trabalhadores contribui, positivamente, para o bom clima organizacional e, consequentemente, para o aumento da eficácia, eficiência e efectividade, o que, a médio e longo prazo, resulta também num crescente desenvolvimento da economia nacional.

Mais informação em:
www.arquiteturacomunicacional.pt